No mercado de trabalho seja ela corporativo convencional, seja de forma autônoma como profissional liberal ou como empreendedor, ter um bom currículo, uma boa formação, um leque de cursos complementares que ampliam seu conhecimento no seu ramo de atuação são requisitos básicos para conseguir um destaque na carreira, mas se você não criar uma boa rede de contatos você não chegará onde quer chegar.

O Networking é a forma de cultivar relações profissionais em diversos ambientes e utilizar essas relações para alguma finalidade, seja para fortalecer as amizades, estreitar negociações comerciais, estabelecer parcerias de negócios ou ainda, para aproveitar oportunidades no mercado de trabalho.

Sabemos que manter bons relacionamentos é fundamental para qualquer ser humano, já que somos seres sociais e precisamos das pessoas para desenvolver nosso crescimento.

Quando se trata de uma rede de contatos profissionais, existem grandes benefícios que podemos extrair nessas trocas de informações e experiências, mas para obter benefícios com essa estratégia, é importante ficar atento à alguns detalhes que podem fazer grande diferença na hora de fortalecer a sua rede de contatos.

Um erro muito comum é se preocupar com o networking apenas quando precisa usá-lo, isso pode acarretar efeitos negativos, soando como falsidade e oportunismo. É preciso criar vínculos profissionais importantes e verdadeiros. Compreender que investir na construção de um bom networking não se trata de estabelecer um relacionamento movido simplesmente por interesse. É importante ter a percepção que o networking funciona como uma via de mão dupla, em que deve haver a troca de informações, conhecimentos, indicações, de forma natural, pois esta ajuda mútua é o que traz os benefícios reais aos profissionais com uma boa rede de contatos.

Estar presente em eventos do mercado, participar de palestras, congressos e conferências são ótimos meios de conhecer pessoas interessantes, assim como eventos sociais, esportivos e culturais. A sua rede deve ser construída de forma natural, baseada em interesses comuns, independente de qual o nível profissional ou a área de atuação do outro. Se existe troca mútua, existe conexão.

É importante também ter um local onde você consiga organizar os dados das pessoas com as quais você quer manter essa conexão, identificando suas habilidades e áreas de atuação. Pode ser uma agenda física ou de celular, planilha de Excel ou ainda uma rede social específica como Facebook ou LinkedIn. O importante aqui é cuidar da sua rede e mantê-la sempre atualizada. Assim, você terá mais oportunidades de alcançar os principais objetivos para a sua carreira, seus negócios e sua vida.

Cuide bem do seu networking, siga em frente e boa sorte!!!

Gostou do texto? Compartilhe com seus amigos ou com aquela pessoa que você acredita que possa precisar dessa leitura. Deixe aqui seus comentários com sua opinião e sugestão. Até o próximo post.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

backtotop